ÚltimasNotícias

Aulas não presenciais com Atividades Remotas na rede municipal de ensino de Ramilândia

04/05/2020

Em 4 defevereiro de 2020 o Ministério da Saúde editou a Portaria nº 188/GM/MSdeclarando Emergência em Saúde Pública, devido a infecção humana pelo novovírus COVID-19. 

Daí em diante, estados e municípios tem acatado as recomendações das autoridades em saúde e decretado a suspensão de todas as atividades não excenciais, entre elas, a suspensão das atividades escolares. O documento oficial do município de Ramilândia, que faz esta suspensão de atividade não excenciais é o decreto nº 3383/2020.

Com esta situação milhares de estudantes no mundo estão sem aula, no Brasil, as aulas estão suspensas em todo território nacional e como a situação não tem prazo para acabar, poderá acarretar sérios dificuldades para a educação, tais como: dificuldade de disposição de dias (sábados, recessos, feriados, férias) suficientes para reposição de forma presencial quando tudo voltar ao normal; retrocesso do processo educacional, comprometimento do calendário de 2021, evasão escolar, etc.

Mediante essa situação e sem previsão de retornar as aulas, o município de Ramilândia, baseado na Deliberação nº 01/2020-CEE/PR e Resolução nº 1219/2020- GS/SEED de 15 de abril de 2020, optou em trabalhar atividades remotas, de forma não presencial com auxílio da tecnologia (grupo de WhatsApp), onde os alunos receberão uma apostila de atividades quinzenal e com ajuda da família e do acompanhamento do professor através da ferramenta WhatsApp ou por telefone,resolverão as atividades em casa.

Diante desta situação a Secretaria de Educação tem pensado nos desafios que irá enfrentar, pois sabe que a figura do professor é fundamental para o processo de ensino aprendizagem dos alunos, porém, nesta situação atípica não poderíamos ficar de braços cruzados sem fazer nenhum enfrentamento.

A Secretaria Municipal de Educação de Ramilândia, os dias 04 e 05 de maio, realizou a entrega das apostilas com atividades pedagógicas aos pais e/ou responsáveis dos alunos da rede municipal de ensino. Segundo a Coordenação Pedagógica, nesta primeira entrega a proposta teve uma boa aceitação pela comunidade escolar, pois, 97% dos pais compareceram às instituições de ensino para buscar as apostilas, e os que não vieram buscar a apostila uma equipe da escola entra em contato via telefone e em ultimo caso, vai até a residência levar a apostila e orientar os pais da necessidade de vir buscar o material.

Tanto os pais e ou/responsáveis como também os alunos terão orientação com as atividades repassadas caso precisem, orientações essas, que serão mediadas pelos professores, agentes de apoio e coordenação pedagógica, via telefone e grupos de WhatsApp, e até mesmo na própria instituição através da equipe de apoio. A distribuição das apostilas com as atividades ocorrerá a cada 15 dias.